Alternativas para o MS Project

Em um certo momento da vida do programador ele se depara com ter que fazer algo que ele sempre odiou: cronogramas.
Quando você inicia na área, você quer é cair de cabeça no código, ficar catando milho e fazendo o trabalho sujo. Sem se importar com prazos, datas de entregas e afins.

Mas, depois de um tempo, você vê que é necessário; seja por você estar fazendo freelas e seu cliente exigir, ou por você ter deixado de ser só o programador e ter que gerenciar uma equipe, ou qualquer outro motivo.

E, nesse processo, usar uma ferramenta adequada para montar seu cronograma – e distribuí-lo entre as partes envolvidas – é vital.
Certamente o aplicativo mais usado no mercado é o Microsoft Project. Com toda certeza, é o mais completo que eu vi até hoje: gerencia os recursos, disponibilidades, analisa vários projetos ao mesmo tempo, e muitas outras funcionalidades.
Só que sempre há um empecilho para soluções MS: o custo. Se você não quer viver na clandestinidade, vai ter que desembolsar uma bela grana pela licensa desse aplicativo.

Logicamente, existem outras soluções. Desde pagas, mais baratas, até outras totalmente grátis, inclusive open source.
Entre essas, eu posso destacar três:

Planner
para quem usa o Ubuntu, ele já vem instalado na configuração padrão do SO. Leve, simples e fácil de usar. O ponto negativo é que não abre arquivos .mpp (originais do Microsft Project); você precisa importar um xml gerado pelo MS Project


Site: http://live.gnome.org/Planner

Gantt Project
roda em qualquer SO pois roda em cima da JVM. Boa pedida, e abre diretamente os .mpp

Site: http://ganttproject.biz

OpenProj
De longe, o mais completo que eu vi até agora. Tem quase tudo que o MS Project tem, e roda em Linux, Windows, MacOS e Unix.

Site: http://openproj.org/openproj

Minha sugestão: vá de cara para o OpenProj. É a melhor alternativa – disse altenrativa, e não clone – para o MS Project 🙂

PS: e se alguém conhecer um serviço web-based para isso, me avisem, que estou procurando! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *