CSS3 – vai ou não vai?

Depois de muito tempo, consegui colocar (em parte) em dia a leitura dos meus feeds. E me deparei com esse artigo que fala um pouco sobre o CSS3: dá dicas de alguns frameworks, manuais de boas práticas e o que pode ser feito e o que as empresas (e fundações) que cuidam dos browsers tem feito para dar suporte ao CSS3.

Para quem trabalha com desenvolvimento web, a simples olhada no que o CSS3 se propõe a nos disponibilizar nos faz abrir um belo sorriso. Digno de emoticon

Poder colocar imagens, sombras, curvas, etc… nas bordas, uso de seletores mais potente, múltiplos backgrounds, etc… farão (algum dia) a vida do desenvolvedor de interfaces ficar mais produtiva.

O grande problema, ainda, é o suporte: poucos browsers dão suporte a esses padrões novos. O Opera 9.5 é o mais avançado, enquanto o Firefox 3 que saiu recentemente dá um suporte bem menor. E a Microsoft diz que em 5 (?????) anos a versão do IE terá todo o suporte ao CSS3.
Até lá, muita gente ainda estará usando versões antigas do IE (que não terão tal suporte), e dificilmente o IE perderá em 5 anos a hegemonia de mercado. Logo, infelizmente, pouca luz no fim do túnel é vista para quem quiser aplicar o CSS3 sem se preocupar em escrever folhas de estilo diferentes para browsers diferentes

De qualquer forma, fica a dica do CSS3 Info que fala a respeito das novas implementações e dá exemplos. E ainda há a documentação oficial da W3C; um pouco mais confusa, mas é a referência mais profunda a respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *