Entendendo os números do CHMOD

E escrevo hoje para compartilhar com vocês uma tabela bacana que explica os números referente as permissões do chmod.

Mas primeiro, vamos definid chmod para quem não faz idéia do que estou falando…

O que é CHMOD?

Não consegui resumir mais do que esta frase da Wikipédia:

chmod é um comando unix/linux usado para alterar permissões de arquivos (ou ficheiros) e diretórios (directórios ou pastas).

Wikipedia

É um comando utilizado para dar permissões de arquivos, coisa comum em gerenciamento de servidor. O @mnetto encontrou um post dele antigo, falando sobre o assunto e vou compartilhar a ótima explicação…

Ao final do artigo cito exemplos do comando completo, mas primeiro vamos entender os números e as permissões…

Números binários

Para entender o que significa cada número no chmod vamos entender primeiro números binários, vamos lá:

  0 - 000
  1 - 001
  2 - 010
  3 - 011
  4 - 100
  5 - 101
  6 - 110
  7 - 111

 

As permissões do chmod

Existem 3 tipos de permissões: leitura (r), escrita (w), execução (x).

Unindo isso a tabela de números binários, temos o seguinte:

      rwx
  0 - 000
  1 - 001
  2 - 010
  3 - 011
  4 - 100
  5 - 101
  6 - 110
  7 - 111

 

Na tabela acima é possível ver que 0 (zero) não tem nenhuma permissão "ligada" nos binários, e 7 tem todas "ligadas". Ou seja, 7 é o nível máximo de permissão: leitura, escrita e execução.

 

O comando CHMOD

O comando chmod funciona da seguinte forma:

chmod [dono][grupo][outros] nomedoarquivo.ext

Entre [ ] deve ir o valor numério (de zero a 7, na tabela apresentada acima) referente ao: dono, grupo e outros usuários.

Exemplo:

chmod 755 abc.doc

Neste exemplo o dono do arquivo tem permissão total, enquanto todos os outros usuário tem permissão de leitura e execução apenas.

 

Espero que tenham gostado, a ótima referência das tabelas estão no l-dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *