Do ASP ao PHP, vim para o lado negro da força!

Buenas povo! Faz tempo que não dedico meu tempo a escrever aqui no O Desenvolvedor, mas pretendo voltar ao ritmo anterior e com algumas mudanças (acompanhando as novidades na minha vida profissional).

Este é um post para apresentar algumas novidades que, de certa forma, guiarão minhas publicações por aqui. A primeira é que não vou dar continuidade aos meus estudos com .NET, e estou reduzindo meu trabalho com o ASP clássico. Isso não quer dizer que encerrarei meus posts sobre a linguagem, mas como estou me dedicando a estudar outras, possívelmente me focarei nelas.

Ah, preciso agradecer ao Leo Caseiro, que me disponibilizou um material excelente sobre .NET quando comecei a estudar!

Espero que este artigo ajude a orientar de alguma forma as pessoas que procuram pela manjada questão: "que linguagem é melhor estudar?"

Vamos aos motivos das minhas mudanças…

 

Porque "desistir" o ASP clássico?

Já fazia algum tempo que eu procurava evoluir, trocar de linguagem de programação, e por isso iniciei meus estudos em .NET. Vamos aos 3 4 motivos que me levaram a "pular fora":

Para aprender alguma coisa nova. E não estou dizendo que sei tudo do ASP, não mesmo. Mas mudar é bom, gosto de mudanças, aprender uma linguagem de programação nova é como começar a estudar um novo idioma, estimula o cérebro, tira noites de sono de uma forma positiva, anima!

Queria mudar porque o ASP está se tornando obsoleto (para muitos, já é) devido a migração para o .NET, que apresenta mais possibilidades e melhor desempenho (dizem, nunca testei realmente).

Comunidade de desenvolvedores muito pequena. Tudo bem que existe o Google, existem fóruns e até uma documentação razoável, mas nada comparado a PHP, por exemplo. Muitas vezes eu quebrava a cabeça para desenvolver determinada funcionalidade, sabendo que em outras linguagens uma centena de desenvolvedores já haviam desenvolvido isso e disponibilizado o código para uso, estudo e alterações.

Dinheiro. Grana. Eu pago licença para utilizar o Windows Server no meu servidor. Eu não consigo bons dll´s gratuitos para manipulação de imagem ou arquivos (pdf´s, planilhas, etc…). Quase tudo é pago, seguindo o "padrão" da tecnologia ASP.

 

Porque não o .NET?

Alguns dos motivos que me fizeram querer mudar do ASP continuam presentes na linguagem .NET, como por exemplo o custo.

A comunidade de desenvolvedores não ser muito grande (ou não gostar de colaborar com o mundo, indo contra a poderosa e adorada "interwebs").

Motivos pessoais: como eu comentei, estou de emprego novo, e por aqui o .Net não é utilizado (pelo menos até onde eu sei).

 

Porque escolhi o PHP?

Pra ser cool.

O primeiro motivo, obviamente, a linguagem aberta, gratuita. Vou economizar um dinheiro considerável por mês pelo simples fato de não precisar pagar licença do Windows no servidor. Isso será a longo prazo, somente depois que eu migrar meu sistema todo de Intranet para o PHP, que vai levar possivelmente mais do que seis meses…

Darth Vader

Para ficar do lado negro da força!*

 

Comunidade gigantesca de desenvovledores e melhor, que adoram compartilhar conhecimentos. A documentação é maravilhosa.

Linguagem ainda em desenvolvimento (agora o PHP 5, estou certo?), sem a necessidade de "extensões" como os dll´s que já me perturbaram no ASP.

Já tinha um conhecimento superficial sobre a linguagem, foi com ela me inseri no mundo do desenvolvimento criando meu primeiro blog e CMS, lá no meu tempo de guri…

Comecei a estudar loucamente MVC, nunca vi um framework gratuito e funcional para ASP, já me indicaram diversos (e aparentemente muito bons) para o PHP!

 

 

É isso… a partir de agora não se assustem se surgir por aqui alguns posts "PHP for dummies", e aceito sugestões de artigos também, viu?

 

 

* o título deste artigo é graças ao tweet do @cleiverrr, quando anunciei meus estudos com o PHP: "lol @gserrano está vindo pro lado negro da força! =D"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *