Executando comandos unix pelo PHP

Eu apliquei um sistema unificado de cache no And After, nos blogs do site e na loja Eu Compraria, este sistema tornou o Gir (nosos querido escravo-servidor) muito mais eficiente na realização de suas tarefas.

O sistema de cache utiliza o Code Igniter com memcached e cache de arquivo físico. Isso otimizou muito o carregamento de todas as nossas páginas: "(1.002 Seconds), 70% of sites are slower: segundo a Alexa.

Além de adiantar a entrega das páginas, melhorando a vida dos leitores, reduziu drasticamente o consumo (e consequentemente o custo) de servidor e eliminou os problemas de performance com com o alto consumo de processamento do MySQL (saiba as diferenças entre innoDB e MyISAM).

Automatizando a "limpeza" de cache

A única dificuldade que isto acarretou foi o trabalho de realizar a limpeza de cache de arquivos físicos quando era necessário.

Até hoje eu fazia isso via ssh: logava no servidor e removia os arquivos necessários. Eu poderia implementar um sistema do Code Igniter para fazer isso, mas envolveria percorrer todos os registros do banco e eliminar o cache referente a cada objeto.

Um modo menos custoso e trabalhoso de fazer isso é automatizar a remoção dos arquivos físicos através do próprio PHP, e uma forma de fazer isso é com o comando shell_exec.

PHP shell_exec

O comando do PHP shell_exec permite você executar algum comando do terminal unix diretamente pelo PHP, retornando como uma string qualquer coisa que este comando imprima no terminal.

Atenção: este comando pode expor seu servidor a problemas de segurança.

No meu caso eu queria apagar os arquivos físicos de cache, um exemplo de sintaxe para o meu caso:

shell_exec('rm /var/www/andafter.org/htdocs/cache/publicacoes/*');

 

Vale lembrar que seu usuário www deve ter as permissões necessárias para executar os comandos. Abriu um novo leque de possibilidades do que é possível fazer com o PHP depois de conhecer este comando. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *